Adicione o Correio do Povo nas suas redes

Notícias

Delegacia da Mulher desvenda crime contra mãe de três filhos assassinada em Paraíso

Da Redação


O mistério sobre a morte de Taísa Ribeiro, de 24 anos, que havia desaparecido de Paraíso no dia 19 de novembro passado, pode ter sido desvendado pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher – DEAM, comandada pela delegada Raimunda Bezerra de Souza.



De acordo com a Delegada, quatro linhas de investigações, três passionais e um latrocínio, estavam em andamento até esta semana, quando ocorreu a quebra do sigilo do telefone da vítima, Taísa Ribeiro. Foi então que apareceram as respostas às séries de perguntas que estavam sendo feitas.

Uma quinta linha de investigação, envolvendo uma pessoa que já estava inserida no processo, mas apenas como uma das dezenas de testemunhas do caso ocorreu não só para elucidar o fato, mas também para confirmar as suspeitas iniciais trazidas por imagens de um supermercado citadas no início das investigações.

De acordo com os resultados das buscas, tudo leva a crer, que o criminoso há dias acompanhava os passos da vítima, e tinha por ela um amor platônico. Ou seja, não correspondido. Porém pessoa muito próxima à Taísa, que era mãe de três filhos.

O CRIME



Taísa Ribeiro se preparava para sair com um namorado.

Por volta da meia noite do dia 19, ela respondeu a uma mensagem do amante, através do celular, afirmando que iria trocar de roupa e iria encontra-lo. E fez o combinado.

No entanto, outra pessoa, que terá o nome revelado posteriormente, acompanhava todos os seus movimentos, inclusive ouvindo tudo o que ela falava ao celular. Naquele momento, Taísa trocou de roupa e saiu para encontrar o suposto amante.


DELEGADA, RAIMUNDA BEZERRA - DEAM

No momento em que deixou sua residência, por volta das 00h38, a vítima teria sido abordada pelo homem que, apesar de amigo da família, a perseguia, porque a amava sem ser correspondido.

A delegada acredita que foi esta mesma pessoa, entrou no portão da casa vizinha, pulou o muro e a perseguiu. Ao alcançá-la, ele a matou, possivelmente asfixiada, já que não havia hematomas nem outros ferimentos em seu corpo. Tudo isso aconteceu num espaço de tempo de 20 minutos.

“Foi um crime passional e praticado por uma pessoa que mantinha um amor platônico pela vítima há cerca de 40 dias. Ele já havia pedido ela em namoro e já teria tentado beijá-la sem sucesso” disse a delegada Raimunda Bezerra.



Com a possível resolução do caso, a materialidade das investigações já está devidamente comprovada. Um pedido de prisão preventiva foi feito à Justiça que deve ser emitido a qualquer momento.

De posse da ordem judicial, a Delegada espera que o caso seja totalmente concluído para, formalmente, indicar a autoria do crime contra a mãe de família, Taísa Ribeiro, que foi encontrada morta no dia 23 de novembro, cinco dias após seu desaparecimento.

O crime está sendo tratado como feminicidio, (crime doloso específico contra o sexo feminino). Neste caso, por pretensão amorosa rejeitada.

“Na noite que antecedeu ao crime ele (o suspeito) pulou várias vezes o muro da casa vizinha para dentro do quintal da vitima e caminhou na porta de sua casa cerca de 20 vezes. Essas informações só chegaram até à delegacia no dia de hoje, porque a família nem desconfiava dessa pessoa que tinha acesso e era bem próximo a ela” ressaltou a Delegada.

O suspeito ainda seria a principal testemunha contra o atual amante da vítima. Queria incriminá-lo. "Ele foi a última pessoa a ver a Taísa neste dia" confirma Raimunda Bezerra.

O assassinato de Taísa teria ocorrido por volta das 00h44 do dia 19 de novembro de 2017. Mesmo dia do seu desaparecimento. Seu corpo foi encontrado na mesma região de sua residência, já em estado avançado de decomposição.

OBS: O nome do possível autor só será revelado após autorização da delegada responsável pelas investigações.
 

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.
Portal Benício - Compromisso com a Verdade - Todos direitos reservados
Rua Araguaia, 600. Centro - Paraíso do Tocantins - (63) 3602-1366 - 9.9975-8218 - elvecinobenicio@hotmail.com
Desenvolvido por ArtemSite - Tecnologia em Internet | Agência Digital | Criação de Sites, Marketing Digital e Hospedagem Web