Adicione o Correio do Povo nas suas redes

Notícias

MAIS DE 10 PARTIDOS JÁ ANUNCIARAM QUE FICARÃO NEUTROS NO 2º TURNO. OPORTUNISTA, MDB ACOMPANHA PESQUISAS

MAIS DE 10 PARTIDOS JÁ ANUNCIARAM QUE FICARÃO NEUTROS NO 2º TURNO. OPORTUNISTA, MDB ACOMPANHA PESQUISAS

sexta, 12 de outubro de 2018, às 09h 06min

Com a confirmação de Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) no segundo turno das eleições presidenciais, os demais partidos começaram a definir a posição que adotarão no pleito.

No primeiro turno, Bolsonaro obteve 49,2 milhões de votos (46,03%) e Haddad, 31,3 milhões (29,28%). O segundo turno está marcado para o dia 28.

Saiba abaixo quais são as posições adotadas pelos partidos no segundo turno (em ordem alfabética):

DC: O partido de Eymael, que disputou o primeiro turno, decidiu nesta terça por uma posição de neutralidade no segundo turno. Com isso, os filiados estão liberados para votar em qualquer um dos dois candidatos.

DEM: O presidente do DEM, Antônio Carlos Magalhães Neto, divulgou nota nesta quarta-feira (10) anunciando que o partido não apoiará no segundo turno da disputa pelo Palácio do Planalto nem Jair Bolsonaro nem Fernando Haddad. O comunicado do DEM destaca que os integrantes da legenda terão liberdade para apoiar quem quiserem. O próprio ACM Neto se manifestou a favor de Bolsonaro.

Novo: O partido, que concorreu no primeiro turno com João Amoêdo, confirmou nesta terça-feira (9) que não vai apoiar nem Bolsonaro nem Haddad. No entanto, a sigla declarou, em nota aos militantes, que é “absolutamente” contrária ao PT, que, segundo o Novo, “tem ideias e práticas opostas às nossas”.

Patriota: O candidato do partido à Presidência da República, Cabo Daciolo, afirmou que não apoiará nenhum dos dois candidatos que disputarão o segundo turno.

PDT: O partido do presidenciável Ciro Gomes, o PDT, anunciou “apoio crítico” a Fernando Haddad a fim de “evitar a vitória das forças mais reacionárias e atrasadas do Brasil”. Na eleição presidencial, Ciro Gomes terminou o primeiro turno em terceiro lugar, com 13,3 milhões de votos.

Podemos: Em nota divulgada nesta quarta, o partido anunciou que permanecerá neutro no segundo turno. A sigla liberou a militância para apoiar, individualmente, qualquer um dos candidatos.

PP: A sigla divulgou um documento nesta terça em que declara que manterá postura de “absoluta isenção e neutralidade” no segundo turno. A legenda integra o chamado bloco do “Centrão” e no primeiro turno do pleito havia participado da coligação do candidato do PSDB, Geraldo Alckmin.

PPL: Em nota divulgada nesta terça, o PPL, que concorreu no primeiro turno com João Goulart Filho, declarou apoio a Fernando Haddad. Filho do ex-presidente Jango, Goulart Filho disse no comunicado que o país corre um “grande risco” diante da possibilidade de Bolsonaro se eleger no segundo turno.

PPS: O presidente do partido, Roberto Freire, anunciou nesta quarta (10) que o partido fará oposição às duas candidaturas por considerar que os dois projetos de governo ‘flertam com didaturas’.

PSB: Neutro no primeiro turno, o partido definiu nesta terça o apoio à candidatura de Fernando Haddad. A cúpula da legenda também resolveu liberar os diretórios regionais de São Paulo e do Distrito Federal, onde os candidatos do PSB, Márcio França e Rodrigo Rollemberg, respectivamente, disputarão o segundo turno ao governo estadual.

PSD: O partido, que apoiou Geraldo Alckmin no primeiro turno, se declarou neutro no segundo turno e liberou os filiados a declararem apoio individual a qualquer um dos dois candidatos.

PSDB: Em reunião nesta terça, a Executiva Nacional do partido, que disputou o primeiro turno com Geraldo Alckmin, decidiu ficar neutro no segundo turno. A cúpula do PSDB, porém, decidiu liberar as direções estaduais da legenda a e os filiados a se posicionarem como quiserem nas unidades da federação.

PSOL: O partido, que disputou o primeiro turno com Guilherme Boulos, declarou que irá apoiar o candidato do PT, Fernando Haddad, no segundo turno. A decisão foi tomada pela Executiva Nacional do partido após reunião na segunda (8).

PR: O líder do partido na Câmara, deputado José Rocha (BA), informou nesta quarta (10) que a legenda decidiu não declarar apoio nem a Bolsonaro nem a Haddad no segundo turno. O PR resolveu liberar seus filiados para manifestarem apoio a quem quiserem. O líder do PR ressaltou que não se trata de neutralidade. “O PR se colocou numa posição de liberar todos os seus representantes. Temos parlamentares que apoiam Bolsonaro e outros, Haddad”, justificou.

PTB: Em nota divulgada nesta terça, o partido anunciou apoio a Bolsonaro. Segundo a nota, as propostas econômicas do candidato do PSL são o principal motivo do apoio.

PRB: O partido decidiu não apoiar Haddad nem Bolsonaro. Informou ter liberado os filiados a votar em quem quiserem, conforme o interesse local.

Rede Sustentabilidade: O partido da candidata derrotada Marina Silva decidiu recomendar aos filiados e simpatizantes “nenhum voto” em Jair Bolsonaro, mas ressalvou que não apoia Fernando Haddad e que será o oposição ao futuro governo, seja qual for o vencedor da eleição.

Solidariedade: Nesta quarta, o partido declarou que ficará neutro na disputa do segundo turno. A sigla liberou os diretórios e seus correligionários a se posicionarem “de acordo com a realidade local dos estados” e orienta o apoio a somente quem “respeitar a Constituição vigente” e “manter o compromisso com a democracia”.

PSC: Em reunião na quarta-feira, a executiva nacional do partido decidiu por unanimidade dar apoio a Bolsonaro. O PSC explicou que defende bandeiras liberais na economia e conservadoras nos costumes e que, por isso, vê as propostas do candidato do PSL como as melhores para o país.

MDB: Na quinta-feira (11), o presidente do partido, senador Romero Jucá (MDB-RR), anunciou que a sigla vai ficar neutra no segundo turno. “Nós não vamos apoiar nenhum dos dois candidatos. Estamos liberando os membros do MDB para votarem de acordo com a sua consciência”, disse Jucá. 
Fonte: G1

Da Redação

A postura do MDB mostra que o Partido não quer ficar fora do governo de Bolsonaro, confirmando a tese de que é uma sigla oportunista. Segundo as pesquisas, o candidato do PSL tem quase 60% dos votos válidos, o que emperra a partir de agora a candidatura de Haddad, do PT.

Previsão de vitória de Bolsonaro já é dada como certa.

Empresários e profissionais liberais são maioria na nova Câmara

Empresários e profissionais liberais são maioria na nova Câmara

sexta, 12 de outubro de 2018, às 08h 38min

Agência Brasil

Dois terços dos 513 deputados federais eleitos e reeleitos no último domingo (7) são empresários e profissionais liberais, segundo levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). Os demais dividem-se entre assalariados e profissionais de atividades diversas, como ator, humorista, sacerdote e pastor evangélico, além de estudantes.

Conforme o levantamento, 133 eleitos se declararam empresários, porém ainda há 14 produtores do setor de agronegócio e sete comerciantes. Segundo o Diap, esse grupo tende a ser maior, porque “um advogado, dono de um grande escritório de advocacia, embora possa viver dos dividendos de seu negócio, prefere se apresentar como profissional liberal do que como empresário”.

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 6433/13, que permite ao delegado de polícia adotar medidas de urgência para proteger mulheres vítimas de agressão.

Entre os profissionais liberais estão advogados e graduados em Direito, médicos, economistas, administradores, jornalistas, engenheiros, enfermeiros, corretores, contadores, médicos veterinários e agrônomos. Nessa categoria, com cerca de 200 deputados, estão os profissionais cuja renda é proveniente do trabalho sem vínculo empregatício.

No terceiro grupo estão os assalariados - professores, servidores públicos, policiais e bancários -, além dos que exercem atividades de natureza diversa, como pastores, sacerdotes, celebridades, humoristas, apresentadores de TV, atores e cantores. Na categoria celebridades, além do ator Alexandre Frota (PSL-SP) e do humorista Tiririca (PR-SP), estão o ativista e conferencista Kim Kataguiri (DEM-SP) e o cantor de pagode Igor Kannario (PHS-BA).

O levantamento mostra que 20 deputados eleitos declararam atividades ligadas à religião - 15 pastores evangélicos, dois sacerdotes, um frade franciscano, um teólogo e um ministro do evangelho. No grupo dos religiosos encontram-se Padre João (PT-MG), Sóstenes (DEM-RJ), Frei Anastácio (PT-PB) e Paulo Freire Costa (PR-SP). Os deputados eleitos Léo Motta (PSL-MG) e Olival Marques (DEM-PA) apresentam-se como cantores gospel.

Na nova Câmara haverá 26 professores, 26 servidores públicos e 32 militares, policiais e bombeiros. Três deputados eleitos se identificaram como políticos: o tucano Lucas Redecker, atualmente na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, João Daniel (PT-SE) e André Abdon (PP-AP), já exercendo mandato na Câmara.

Algumas categorias, como apresentador de TV, agente administrativo, comunicólogo, gerente, gestor público, industriário, motorista, pescador, escritor e promotor de Justiça, elegeram apenas um representante. Na Bahia, um dos deputados eleitos foi o pescador Raimundo Costa (PRP), presidente da Federação da Pesca do estado. Sergipe elegeu o motorista Valdevan Noventa (PSC), o Acre, a magistrada Vanda Milani (SD), e Minas Gerais, a escritora e professora universitária Margarida Salomão (PT-MG).

Escolas e creches municipais elegerão seus diretores em novembro

Escolas e creches municipais elegerão seus diretores em novembro

sexta, 12 de outubro de 2018, às 08h 29min

Ascom


A Prefeitura Municipal de Paraíso do Tocantins publicou edital que guiará o processo seletivo e eleição dos diretores das escolas e creches da Rede Municipal de Ensino. O documento, assinado na última segunda-feira (8) pelo prefeito Moisés Avelino, estabelece datas, normas, procedimentos, e prazos para o certame.

Poderão se candidatar à função, com mandato de três anos, professores da Rede Municipal efetivos e estáveis que detenham formação na área de pedagogia com licenciatura plena ou formação em curso na área de educação com especialização em gestão educacional; que tenham, no mínimo, três anos de efetivo exercício de função docente; e que não tenham sofrido pena decorrente de processo administrativo disciplinar nos últimos doze meses. As inscrições deverão ser realizadas no Auditório da Prefeitura Municipal nos dias 8 e 9 de novembro.

Para participar das eleições, os candidatos serão selecionados em três etapas: prova objetiva, elaboração e entrega de um Plano de Gestão Escolar, e entrevista para averiguar as competências técnicas.

Após o processo seletivo, haverá uma eleição, prevista para o dia 30 de novembro. Poderão votar estudantes com idade igual ou superior a 16 anos; pais, mães ou responsáveis por alunos; e servidores efetivos.

A apuração e a divulgação dos resultados acontecerá ainda no dia 30 de novembro, no Auditório da Prefeitura de Paraíso do Tocantins.

Já presos pela PC em Paraíso, dupla recebe nova ordem de prisão

Já presos pela PC em Paraíso, dupla recebe nova ordem de prisão

sexta, 12 de outubro de 2018, às 08h 10min

Ascom/PC



Na tarde desta quinta-feira (11), a Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 1ª Delegacia e Central de Atendimento de Paraíso do Tocantins, deu cumprimento a dois mandados de prisão preventiva em desfavor de Miro Gomes da Silva Rodrigues, de 25 anos, e Pedro Thiago de Araújo, de 22 anos.

Conforme o delegado regional José Lucas Mello, após um intenso trabalho investigativo, foi constatado que Miro atuava na prática do crime de tráfico de drogas e que Pedro Thiago é o principal suspeito de cometer um roubo à mão armada, há algumas semanas em Paraíso.

Ainda de acordo com o delegado, em razão dos crimes praticados, a autoridade policial responsável pelo caso representou pela prisão dos dois indivíduos, que foram deferidas e cumpridas na tarde desta quarta-feira, na Casa de Prisão Provisória de Paraíso, onde Miro e Pedro Thiago já estavam recolhidos em virtude da prática de outros crimes.

Diante dos fatos, os dois homens permanecerão presos na CPPP de Paraíso, à disposição do Poder Judiciário. 

PRIMOS QUE DEIXARAM VÍTIMA TETRAPLÉGICA EM PORTO SÃO PRESOS PELA PM E PC EM LAGOA

PRIMOS QUE DEIXARAM VÍTIMA TETRAPLÉGICA EM PORTO SÃO PRESOS PELA PM E PC EM LAGOA

quinta, 11 de outubro de 2018, às 21h 49min

Ascom/PC




Na noite desta quinta-feira, 11/10/2018, os primos, Renato Pereira Neres (19 anos) e Ricardo Pereira Carvalho, vulgo RD (18 anos) foram presos pelas forças de segurança na Cidade de Lagoa da Confusão.

Os flagrados estavam pilotando uma moto em atitude suspeita próximo a uma boca de fumo da cidade, quando foram abordados, após contato com os policiais de Porto Nacional descobriu-se que havia mandado de prisão preventiva contra os dois por tentativa de homicídio ocorrido naquele município, o qual a vítima ficou tetraplégica.

Os primos fugitivos foram recolhidos a Cadeia Pública de Cristalândia e, posteriormente, serão recambiados a Cadeia Pública de Porto Nacional.

GOVERNO DIZ QUE NÃO HOUVE CORTE NO ORÇAMENTO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO, MAS "LEITURA ERRADA"

GOVERNO DIZ QUE NÃO HOUVE CORTE NO ORÇAMENTO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO, MAS "LEITURA ERRADA"

quinta, 11 de outubro de 2018, às 16h 15min
Ascom

 Confira nota do Governo:
 

Nota à Imprensa

Sobre o Decreto nº 5.863, de 27 de setembro de 2018, que estabelece o contingenciamento de despesas do orçamento anual para o exercício de 2018, o Governo do Estado informa que:

Todas as ações planejadas, já iniciadas e licitadas continuarão sendo executadas normalmente e não haverá qualquer prejuízo para os serviços essenciais como Saúde, Educação, Segurança Pública e Infraestrutura e demais áreas.

O contingenciamento nada mais é do que uma medida de equilíbrio fiscal. Pois o Orçamento de 2018 foi implementado pela gestão passada, que estimou uma arrecadação que não se efetivou. Por isso, há a necessidade do contingenciamento para que o Estado não apresente déficit ao fim do exercício fiscal.

Importante destacar que a atual administração recebeu as contas do Estado em desequilíbrio além de desenquadradas perante a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). No entanto, os trabalhos que estão sendo desenvolvidos pela gestão atual já têm apresentado resultados. Pois o Relatório de Gestão Fiscal e Execuções Orçamentárias do 2° quadrimestre de 2018 indica, em um comparativo com o 1° quadrimestre deste ano, que os gastos com pagamento de servidores caíram 3,8%, gerando uma economia de R$ 161 milhões aos cofres do Estado, de maio a agosto de 2018.


Já com a manutenção da máquina pública, foram reduzidos os gastos em mais de R$ 530 milhões, entre despesas com água, energia elétrica, contratação de terceiros, diárias pagas a servidores, passagens aéreas, materiais administrativos, dentre outros.

Nesse sentido, com as medidas de contenção de gastos e ajustes fiscais, o Governo trabalha objetivando a meta de equilibrar as despesas no primeiro quadrimestre de 2019, visando o Tocantins dentro dos limites de gastos estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). 

Menos de 6% dos cursos avaliados pelo Enade alcançaram a nota máxima

Menos de 6% dos cursos avaliados pelo Enade alcançaram a nota máxima

quinta, 11 de outubro de 2018, às 15h 52min
EBC

Menos de seis por cento dos cursos avaliados pelo Ministério da Educação alcançaram a nota máxima, no ensino superior.

O Enade, Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, de 2017, avaliou quase meio milhão de concluintes em todo o país.

Desta vez, os mais de dez mil cursos avaliados foram aqueles de licenciatura – para a formação de professores –, os cursos de ciências exatas, como Ciências da Computação, Engenharias e Sistema de Informação; além dos cursos de tecnologia.

Além dos que alcançaram a nota CINCO, numa escala que vai de UM a CINCO, 22% alcançaram a nota quatro no Enade, ambas consideradas muito boas.

A média TRÊS foi em cerca de quarenta por cento do total, a maior parte. Os piores desempenhos foram em 28% com a pontuação DOIS, e 5% com a nota UM.

A avaliação dos cursos presenciais também mostra que os concluintes desta modalidade foram 6,1% a chegar no conceito MÁXIMO.

Entre os cursos à distância, apenas 2,4% chegaram nesse patamar. Para o ministro da educação, Rossieli Soares, o ensino à distância precisa ser acompanhado, na questão da qualidade, mas é importante para a inclusão social.

O bom desempenho foi observado, também, entre as universidades federais, as que mais tiveram cursos com a pontuação máxima, seguidas das estaduais. O ministro atribui o bom desempenho das públicas a mais de um fator.

Outro ponto importante avaliado foi o IDD, Indicador de Diferença entre os Desempenhos Esperado e Observado. O índice compara o desempenho dos concluintes no ensino superior com o desempenho deles no Enem, Exame Nacional do Ensino Médio. Assim, o MEC consegue ter uma noção do quanto o curso superior agregou conhecimento ao estudante.

Menos de cinco por cento dos cursos conseguiram agregar o máximo de conhecimento aos concluintes. Quase 60% agregaram valor satisfatório e menos de 4% agregaram valor muito baixo.

Em relação ao perfil dos concluintes avaliados em 2017, mais da metade era de pessoas brancas. As pretas não chegaram a dez por cento. Pardas correspondiam a 33 por cento do total de avaliados.

Entre os que não possuíam nenhuma renda para se manter no ensino superior, 22 por cento eram beneficiários do Fies, Financiamento Estudantil, ou do Prouni, o Programa Universidade Para Todos.


Alimentos amigos e inimigos do sono

Alimentos amigos e inimigos do sono

quinta, 11 de outubro de 2018, às 14h 48min
Terra

Todo mundo conhece a crença da habilidade mágica de um copo de leite morno antes de ir dormir. E acredite, tem fundando científico, pois laticínios contêm triptofano uma substância calmante que ajuda a dormir. Outros alimentos ricos em triptofano são a banana, mel e ovos. Alimentos ricos em caboidratos também ajudar a aumentar os níveis dessa substância. Para uma ótima noite de sono uma ceia ideal inclui uma cumbuca de leite com cereal ou iogurte com biscoitos light ou ainda pão light com queijo branco.

Se você tem insônia, um pouco de comida no estômago pode ajudá-lo a dormir. Mas, não utilize disto como uma forma de comer em excesso. Uma refeição pesada irá prejudicar o seu sistema digestório e, irá atrapalhar a sua noite de sono. Pesquisas mostram que pessoas que comem alimentos ricos em gordura não somente ganham peso, como também apresentam um prejuízo no ciclo do sono. Uma refeição pesada ativa a digestão, o que pode levar a várias idas ao banheiro durante a noite. Para um sono tranquilo, corte a cafeína de sua dieta de quatro a seis horas antes de ir dormir.

O consumo de álcool de quatro a seis horas antes de ir dormir também deve ser evitado. Pode até ajudar a pegar no sono, mas pode promover despertares noturnos frequentes, sono agitado, dor de cabeça, suor noturno e pesadelos. Alimentos ricos em proteína e gordura são difíceis de digerir e por isso devem ser evitados. O consumo de fluidos durante o dia é muito bom para o corpo, mas diminua o seu consumo antes de ir dormir; no máximo até as 20:00. A nicotina é estimulante, com efeitos similares à cafeína. Evite fumar especialmente antes de ir dormir ou se acordar no meio da noite.

  

Alimentos que melhoram a concentração

Alimentos que melhoram a concentração

quinta, 11 de outubro de 2018, às 14h 47min
Terra

Encontrada no café, chocolate, bebidas energéticas e em alguns medicamentos, a cafeína ajuda a acordar e melhorar a concentração, apesar dos efeitos serem em curto prazo. E mais normalmente é menos: evite o excesso de cafeína, pois pode aumentar a agitação e o desconforto. A glicose é o principal combustível do cérebro e um copo de suco de frutas pode oferecer em curto prazo uma melhora da memória, pensamento e habilidade mental. Estudos em animais mostram que o mirtilo pode ajudar a proteger o cérebro de danos causados pelos radicais livres (estresse) e pode reduzir os efeitos de condições associadas com o envelhecimento como o Alzheimer e a demência.

Não pule o café da manhã, pesquisadores afirmam que essa refeição é de extrema importância para a concentração e memória. Entre os alimentos que se destacam estão os grãos integrais, laticínios e frutas. Uma fonte proteica relacionada com a saúde cerebral é o peixe, rico em ômega-3, nutriente chave para a saúde do cérebro. Uma dieta rica nesse nutriente tem sido associada com um menor risco de demência e derrame e um menor declínio mental.

Oleaginosas e sementes são ótimas fontes de vitamina E antioxidante, a qual está associada com um menor declínio cognitivo no envelhecimento. O chocolate meio amargo também tem ação antioxidante e contem estimulantes naturais como a cafeína, que podem melhorar a concentração. Cada órgão do corpo depende do fluxo sanguíneo, especialmente o coração e o cérebro. Uma dieta rica em grãos integrais e abacate pode diminuir o risco de doença cardíaca e de colesterol LDL. Isso reduz o risco de problemas cardiovasculares. Um suplemento só é útil em caso de deficiência nutricional. Pesquisadores são cautelosos, mas de forma otimista com relação ao ginseng, gingko e, combinações de nutrientes com ervas para a saúde cerebral.

  

O que causa a intolerância à lactose?

O que causa a intolerância à lactose?

quinta, 11 de outubro de 2018, às 14h 44min
Terra

A intolerância à lactose é uma desordem comum causada pela inabilidade em digerir a lactose, um açúcar presente no leite e derivados. Normalmente provoca sintomas como desconforto abdominal, flatulência, diarreia e dor abdominal. Evitar o leite e derivados aliviar a maioria dos sintomas da intolerância à lactose. As moléculas de lactose não podem ser absorvidas diretamente pelo corpo. Portanto, a lactose é quebrada em moléculas menores (glicose e galactose) a fim de ser absorvida e transportada pela parede intestinal. Geralmente, a lactose é quebrada por uma enzima chamada de lactase, muitas vezes deficiente em pessoas intolerantes.

Os níveis de lactose são maiores ao nascer e vão diminuindo com o tempo. A parede intestinal pode ficar mais danificada por muitas razões, normalmente por infecções ou certos medicamentos. Algumas das possíveis causas da deficiência de lactase incluem gastroenterites provocadas por vírus, bactérias ou vermes, doença celíaca, doença de Crohn, radioterapia, enteropatia diabética, enteropatia por HIV e algumas drogas quimioterápicas. Asiáticos têm um declínio mais acentuado da lactose com o tempo, seguidos pelos americanos nativos, afro-americanos e hispânicos. A quantidade de lactose na dieta e a diferença da microbiota intestinal são outros fatores que determinam a variabilidade e severidade dos sintomas em algumas pessoas.

A forma mais eficaz de tratar os sintomas da intolerância à lactose é modificar a dieta, evitando o consumo de laticínios. Suplementos de lactase também estão disponíveis, ajudando o sistema digestivo em quebrar produtos contendo lactose. Repor o leite com substitutos, como a soja, leite de soja, de arroz ou de amêndoas, são algumas opções para pessoas com esse quadro. Entre os produtos com lactose o iogurte é o mais bem tolerado, pois a bactéria utilizada na produção do iogurte contém lactase e consegue quebrar a lactose em glicose e galactose antes de ser ingerido.


Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo 
Portal Benício - Compromisso com a Verdade - Todos direitos reservados
Rua Araguaia, 600. Centro - Paraíso do Tocantins - (63) 3602-1366 - 9.9975-8218 - elvecinobenicio@hotmail.com
Desenvolvido por ArtemSite - Tecnologia em Internet | Agência Digital | Criação de Sites, Marketing Digital e Hospedagem Web